Pataxó

Nao%CC%82%20Xoha%CC%83%2001%20-%20Tito%2

Sergio Sales Pesca

Trata-se de um local de convivência e moradia indígena que ampara aqueles que trabalham comercializando artesanato na Feira de Artesanatos de BH e na Praça Sete, local de armazenamento desse material.

Junio

Comunidade com ressurgência Indígena recente, possui dois anciãos que nasceram e conviveram no sul da Bahia e que narram uma história oral de como vieram morar em BH e aqui constituiu sua parentela. É considerada como um Tronco Gervásio em homenagem a um desses anciões. São beneficiários do Auxílio Emergencial da Vale por terem pessoas que residiam na Aldeia Naô Xohã.

Dona Eline

Grupo Indígena ligado à Aldeia Naô Xohã. Vivem na Região Venda Nova em BH Bairro Minascaixa - Parque São Pedro, sua líder é oriunda de Coroa Vermelha – Bahia – Recebem auxílio emergencial da Vale por estarem vinculados na Aldeia Naô Xohã.

Cardoso Fiúza

Grupo Pataxó que convive no meio urbano há bastante tempo é oriundo da Região Sul da Bahia – Coroa Vermelha – Esse grupo possui pelo menos 20 famílias na região leste de BH, em Ibirité, Florestal.

Fonte: Eni Carajá e Adriana Fernandes Carajá